Desporto

Brasil. Biteco marca e chora irmão desaparecido na tragédia da Chapecoense (com vídeo)

Guilherme Biteco joga no Paraná e era irmão de Matheus Biteco, um dos jogadores que faleceram no acidente aéreo ao largo de Medellín em novembro passado


Imagens fortes que chegam do Brasil. Em jogo da Taça, entre o Vitória da Baía e o Paraná, um jogador teve razões mais do que suficientes para não conter as lágrimas: Guilherme Biteco. O médio de 23 anos, que se encontra no Paraná por empréstimo dos alemães do Hoffenheim, apontou aos 87 minutos o golo que selou o triunfo da sua equipa (2-0) e desabou.

Isto, porque Guilherme é irmão de Matheus Biteco, um dos 19 jogadores que em novembro perderam a vida no trágico acidente de avião que vitimou grande parte do plantel da Chapecoense ao largo de Medellín, na Colômbia. Após marcar o golo, Guilherme tirou a camisola, exibindo uma t-shirt com várias fotografias do irmão mais novo enquanto se prostrava no relvado em lágrimas, sendo confortado pelos colegas de equipa.

O Paraná também mostrou todo o seu apoio ao jogador, através de uma publicação no Instagram.

 

ESSE GOL FOI PARA TEU IRMÃO, QUE TÁ TE OLHANDO LÁ DE CIMA, BITECO! VOCÊ MERECE DEMAIS, IRMÃOZINHO!

Uma publicação partilhada por Paraná Clube (@paranaclubeoficial) a Abr 13, 2017 às 5:46 PDT

Os comentários estão desactivados.