Economia

IRS. Tem direito a reembolso? Pode já estar a caminho da sua conta

Finanças já receberam 1,7 milhões de declarações e processaram 130 mil reembolsos

O número de declarações de IRS já entregues é superior ao do ano passado. Até esta segunda-feira de manhã, o fisco já tinha recebido 1,7 milhões de declarações, sendo que 376 mil foram submetidas via automática.

“O número de declarações entregues nestes primeiros 17 dias da Campanha IRS 2016 supera em 10% o número de entregas registadas no mesmo período do ano passado”, lê-se num comunicado enviado pelo Ministério das Finanças.

Para o ministério, o aumento é explicado pela “facilidade de entrega do IRS automático e, também, pela aplicação de um prazo único de entrega, entre 1 de abril e 31 de maio, independentemente das categorias dos rendimentos dos contribuintes”.

As novas linhas de entrega facilitam o processo e também diminuem o prazo de reembolso. Aliás as primeiras devoluções já foram levadas a cabo e nalguns casos, o dinheiro já está na conta dos contribuintes.

“De facto, os primeiros três mil reembolsos relativos ao IRS automático já foram processados no dia 11, tendo chegado à conta bancária dos contribuintes a partir da última quarta-feira. Treze dias depois do início da campanha, já 130 mil reembolsos haviam sido processados”, refere o ministério.

Assim, “verifica-se uma redução do prazo médio de reembolso face às campanhas de anos anteriores, que foi de 36 dias, em 2016, e de 30 dias, em 2015”.