Politica

Bloco e PAN querem proibir caça com matilhas

Projecto de lei contesta que os cães funcionem como uma arma

O Bloco de Esquerda e o PAN apresentaram uma iniciativa conjunta no parlamento para proibir a caça com matilhas.

O projecto de lei apresentado pelos dois partidos propõe que seja “proibido caçar com recurso a matilhas” com o argumento de que “os cães funcionam como arma contra o animal visado, isto porque é da luta entre os cães e a presa que resulta a morte ou a quase morte desta”.

Bloquistas e PAN garantem ainda que “na maioria dos casos os cães que compõem as matilhas são mantidos em condições precárias que não respeitam as normas”.

O projecto de lei pretende que as novas regras sejam apenas aplicadas ao licenciamento de novas matilhas. A intenção é permitir que aquelas que já existe possam "continuar a participar na actividade cinegética", já que “a proibição imediata poderia colocar ainda mais em causa o seu bem-estar e sobrevivência”.

Actualmente, de acordo com os dados do ministério da Agricultura, existem em Portugal 792 matilhas.