Dívida Pública

Juros mais baixos do ano em leilão de curto prazo

Portugal emitiu 1250 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro (BT) de curto prazo, tendo conseguido colocar no mercado os títulos com os juros mais baixos do ano.

No duplo leilão da Agência da Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), os 950 milhões de euros de BT a 11 meses tiveram uma taxa de juro média de -0,135%, o custo mais baixo deste ano.

A comparação são os -0,096% do leilão de fevereiro e com o de março, num leilão de títulos a 12 meses com uma taxa de -0,112%.

Nos 300 milhões de euros de BT com um prazo de três meses, a taxa média foi de -0,266% também um mínimo em 2017, que compara com a taxa de -0,219% do leilão de fevereiro.

Em ambos os casos, a procura superou a oferta, mas foi menor no que nos leilões anteriores. A três meses a procura foi 2,5 vezes superior à oferta - 4 vezes em fevereiro - e nos BT a 11 meses a procura superou a oferta em 1,4 vezes - 1,9 vezes fevereiro.