Sociedade

Câmara de Cascais rompe contrato de milhões com a Iberdrola

A empresa cortou a eletricidade numa escola do concelho

A Câmara Municipal de Cascais rompeu unilateralmente o contrato com a Iberdrola.

A multinacional espanhola de fornecimento de eletricidade cortou a luz numa escola do concelho de Cascais depois de ter enviado as faturas de pagamento, por engano, para Barcelos. 

Neste sentido, o município liderado por Carlos Carreiras, do PSD, que tem também coordenado o processo autárquico do partido a nível nacional, rescindirá o contrato que liga Cascais à empresa. 

A Câmara não perdoa o facto de a Iberdrola ter ficado em silêncio mais de 24 horas após o sucedido. 

(notícia em desenvolvimento)