Internacional

Comissário de bordo acusado de agredir mulher com bebé ao colo em avião [vídeo]

Novo escândalo na aviação norte-americana

A companhia aérea norte-americana American Airlines suspendeu um funcionário, que terá agredido uma mulher com um bebé ao colo, durante o embarque de um voo entre São Francisco e Dallas.

O comissário de bordo terá tirado o carrinho de bebé com violência das mãos da mãe, por pouco não acertando na criança ao colo.

O comportamento do funcionário deixou a mãe a chorar compulsivamente, enquanto os outros passageiros assistiam à cena em choque.

Um dos passageiros levantou-se para defender a mulher, dirigindo-se ao funcionário desafiando-o a fazer-lhe a ele o que tinha feito àquela mãe.

Outro passageiro, Surain Adyanthaya, filmou a cena pós-agressão, onde se pode ver a mãe muito nervosa e a soluçar.

A American Airlines já pediu desciulpa pelo sucedido, acrecentando que a companhia não se revê nas aitudes do funcionário em causa. A mulher e a sua família terão embarcado noutro voo, viajando em primeira classe, de acordo com a imprensa norte-americana.

Este episódio acontece pouco depois do caso do passageiro arrastado pelo avião da United Airlines, outra companhia também americana, para ser expulso devido a overbooking.