Desporto

Real Madrid retira lugares cativos aos 357 sócios que venderam bilhetes a adeptos... do Barcelona

Clube merengue estranhou a presença de muitos adeptos blaugrana em lugares reservados a sócios do Real no clássico do último domingo

Decisão radical da direção do Real Madrid: 357 sócios ficaram sem o lugar cativo. E tudo porque, após investigação, depois de se ter visto adeptos do Barcelona nos lugares habitualmente reservados aos sócios merengues no clássico do último domingo no Santiago Bernabéu, o Real chegou à conclusão que terão sido os referidos sócios a vender os seus lugares a adeptos blaugrana.

"Está expressamente proibido, sem autorização do clube, a venda de lugares cativos, a cessão gratuita ou o seu uso para fins comerciais. O sócio titular de um cativo é responsável pelo bom uso do mesmo, tal como está definido nas normas de acesso ao Estádio Santiago Bernabéu e no próprio regulamento dos lugares cativos", escreveu o clube blanco em comunicado, lembrando já ter aberto 1450 processos similares com propostas de expulsão de sócios por venda de cativos - aos quais adicionou agora os tais 357 casos.