Desporto

Râguebi. Atleta perde a cabeça e esmurra árbitro e adversários (com vídeo)

Juiz da partida ficou inconsciente. O jogador do Saint-Estève corre o risco de ser irradiado da modalidade

Afinal, os maus exemplos não acontecem só no futebol. Nem o râguebi, um desporto mundialmente reconhecido pelo fair-play e desportivismo, consegue escapar à onda de violência que tem assolado o desporto a nível geral.

Estas imagens chegam de França, no jogo das meias-finais da Taça... de juniores, entre o Saint-Estève e o Toulouse. Após ser expulso pelo árbitro por ter feito um gesto obsceno na direção da plateia, um jogador da equipa da casa - ainda não identificado pela Imprensa gaulesa - agrediu o juiz da partida de forma bárbara, com um soco que deixou o árbitro desde logo inconsciente.

Não contente, e completamente de cabeça perdida, o atleta de 21 anos ainda se envolveu em confrontos com uma série de adversários. Corre, agora, o risco de ser irradiado da modalidade, até porque já tinha antecendentes de violência dentro do campo - chegou a estar suspenso por ter pisado um adversário quando este estava caído no solo. Refira-se ainda que o árbitro Benjamin Casty apresentou igualmente queixa na polícia.