Desporto

Presidente do Sp. Braga queixa-se das arbitragens e pede investigação do Ministério Público

António Salvador diz que o Sp. Braga foi prejudicado em dez pontos.


Após a derrota frente ao Sporting por 2-3, o Sp. Braga queixou-se da arbitragem.

“Se o Conselho de Arbitragem não faz nada, pedia ao Ministério Público, às entidades judiciais, para verem o que se passa no jogo”, disse António Salvador.

“Peço ao Ministério Público que entre em campo porque esta é uma liga desvirtuada”, acrescentou.

O presidente do Braga diz ainda que o clube foi prejudicado “em dez pontos subtraídos”. “Nos últimos seis jogos, tivemos cinco penáltis contra nós”, concluiu.

Os comentários estão desactivados.