LifeStyle

'Droga' criada por cientistas garante boa forma sem exercício

Os resultados, testados em ratos, mostram melhoria da aptidão física em 70 por cento.


Um químico criado por cientistas norte-americanos do instituto Salk, testado em ratos de laboratório, demonstrou resultados que poderão melhorar a aptidão física em cerca de 70 por cento. Esta 'droga' poderá ser utilizada em pessoas com problemas de mobilidade, excesso de peso e idosos.

Segundo os resultados do estudo, publicados na revista Cell Metabolism, as pessoas que não podem praticar exercício físico conseguirão, com este químico, ativar os genes utilizados quando alguém corre. Este composto consegue reproduzir os efeitos do exercício em pessoas com problemas de saúde, para que estas tenham benefícios como o desenvolvimento da resistência muscular.

Na experiência em laboratório, os cientistas administraram a substância a ratos, aumentando a sua capacidade de corrida até à exaustão em 70 por cento. Os ratos só pararam quando o seu nível de glicose sanguínea atingiu os 70 miligramas por decilitro.

Os comentários estão desactivados.