Economia

IRS. Para quando o reembolso?

Lei prevê que a liquidação do IRS possa ser feita até ao final do mês de julho 

Os reembolsos deverão ser pagos em menos de um mês. Pelo menos é essa a promessa do Ministério das Finanças. Ainda assim, se optar por receber através de transferência bancária poderá tornar o processo mais rápido. Além disso, quanto mais cedo entregar, mais cedo irá receber. 

Para saber como está o seu processo pode consultar o estado do seu reembolso através do Portal das Finanças. 

A partir daí terá acessoa uma tabela com a sua situação fiscal global, onde se incluem os “Reembolsos”. Se o valor se encontrar a zeros, significa que o reembolso ainda não foi emitido. Mas se já existir um valor, clique em “Detalhes” para saber em que estado se encontra o seu reembolso. Quando surgir a informação de “Reembolso Emitido”, o dinheiro deverá ficar disponível na sua conta dentro de dois ou três dias.

Não se esqueça, no entanto, que a lei prevê que a liquidação do IRS possa ser efetuada até 31 de julho. No caso de ter um valor a pagar, deverá fazê-lo até 31 de agosto.