Sociedade

Vítima da Baleia Azul recebia instruções por telefone

A adolescente recebia instruções entre a meia-noite e as quatro horas da manhã

Vítima da Baleia Azul recebia instruções por telefone

A jovem de Matosinhos que foi internada no hospital S. João, no Porto, com cortes no corpo, nesta terça-feira, recebia telefonemas todas as madrugadas. O homem, que alegava ter 23 anos, tinha um sotaque brasileiro e ligava à adolescente entre a meia-noite e as quatro horas da manhã.

Fernanda Vieira, uma vizinha da adolescente, terá alertado as autoridades do caso e de acordo com o Diário de Notícias a jovem confessou à vizinha “que andava a receber telefonemas do administrador do jogo e que recebia música e filmes de terror”.

Além da jovem de Matosinhos, já existe pelo menos mais uma nova vítima do jogo Baleia Azul. Segundo o DN, a vítima é de Gondomar e já se encontra em tratamento, após os seus colegas darem um alerta acerca das marcas no corpo da adolescente.

O Ministério Público já abriu inquéritos acerca do jogo online, tendo-se iniciado investigações nas zonas de Portalegre, Faro e Setúbal.

Os comentários estão desactivados.