Adidas

Lucros aumentam quase 30%

O lucro da Adidas aumentou 29,6% no primeiro trimestre deste ano, para 455 milhões de euros, face a igual período do ano passado. 

A faturação global da multinacional alemã, no período em apreço, subiu 18,9%, para um recorde de 5.671 milhões de euros, em relação ao mesmo período de 2016, impulsionada pelas vendas na Internet.

O resultado operacional também melhorou cerca de 28,8% para 632 milhões de euros.

O novo presidente da Adidas realçou que a marca de artigos de desporto teve um começo de ano "muito forte" com o aumento das vendas e o luco alcançado.

As vendas da marca Adidas, por sua vez, registaram um crescimento de 20% (4842 milhões de euros), suportadas pela melhoria de negócio na categoria de corrida e exterior.

A Adidas salientou os resultados na América do Norte e na China, onde as receitas aumentaram 31% e 30%, seguido do Japão e do Médio Oriente e África.

O crescimento na Europa e a América do Sul foi mais lento, mas no ano passado houve Europeu de Futebol e Copa América, o que torna a comparação mais difícil de fazer.

“A procura pelos nossos produtos foi forte em todo o mundo, conseguimos de novo melhorar a nossa rentabilidade”, afirmou Kasper Rorsted.