Economia

Protesto junto da Caixa Geral de Depósitos de Vilar Formoso regressa segunda-feira

Os habitantes regressam ao protesto pacífico na próxima segunda-feira

Segundo o vice-presidente da Câmara Municipal de Almeida, Alberto Morgado, os habitantes que se barricaram na passada terça-feira no interior do balcão da Caixa Geral de Depósitos de Vilar Formoso, em protesto contra o fecho das instalações em Almeida, já saíram do local hoje por volta das 16h15. No entanto, foi agendado um novo protesto para o mesmo local, na próxima segunda-feira, dia 8 de maio, por volta das 14h30.

Para os habitantes poderem ser atendidos, fazer levantamentos, transações e depósitos têm de se dirigir à agência de Vilar Formoso, pois é a única em funcionamento após o fecho da sede do concelho de Almeida.

Alberto Morgado já disse que a sua autarquia está “aberta ao diálogo” com a administração da Caixa Geral de Depósitos, desde que o banco local mantenha a tesouraria aberta, pois Almeida “é a única sede do concelho que está privada deste serviço”.