Sociedade

Portugal entre as escolhas dos EUA para entrar gás americano na Europa

EUA acreditam que Portugal pode ser um bom aliado na área energética

Os Estados Unidos acreditam que Portugal, através do porto de Sines, pode ser uma entrada de Gás Natural Liquefeito (GNL) norte-americano para a Europa e a África, querendo reforçar a cooperação com o nosso país.

Herro Mustafa, encarregada dos negócios norte-americanos em Portugal, afirmou que “com as novas tecnologias, que tornam mais baratos e mais rápidos de construir os terminais flutuantes de GNL, os preços do transporte estão a descer e Portugal pode tornar-se uma porta de entrada para a Europa e para África, à medida que as exportações [de GNL norte-americano] aumentam exponencialmente nos próximos anos”.

A responsável da embaixada americana em Portugal mencionou ainda um almoço-debate da Câmara de Comércio em Portugal para falar sobre as prioridades e opções da administração do presidente Donald Trump, estando a colaboração com Portugal na área energética entre os temas de conversa.