Internacional

Vídeo da destruição da estátua de Hugo Chávez torna-se viral na Venezuela

Com a situação na Venezuela a ferro e fogo, houve outro protesto contra o governo de Nicolás Maduro, mas desta vez até sua santidade Hugo Chávez caiu do altar. Os estudantes derrubaram o monumento e arrastaram-no pela rua até o desfazer em pedaços

Vídeo da destruição da estátua de Hugo Chávez torna-se viral na Venezuela

 

 

Aí está o vídeo que mostra uma estátua em honra do ex-presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que os manifestantes desceram do pedestal e que foram pela rua atirando-o ao ar à espera que o bronze se desfizesse em cacos. O vídeo logo se espalhou nas redes sociais e tornou-se viral. A destruição ocorreu na última sexta-feira em Rosario de Perijá (noroeste do país, perto de Maracaibo), em mais um protesto contra o actual presidente, Nicolás Maduro.

Os manifestantes, entre eles estudantes de ensino médio, sacudiram e atearam fogo ao monumento de "El Comandante" até arrancá-lo de seu pedestal, numa praça pública do município. No vídeo vê-se o momento seguinte, em que dois homens levam a estátua para o meio da rua e usam a gravidade para tentar desfazê-la, repetidas vezes, até quebrá-la em pedaços.

No monumento, Chávez enverga a faixa presidencial e faz uma saudação militar. A imagem foi depredada depois de confrontos entre militares e opositores em uma estrada que atravessa Rosario de Perijá. Os distúrbios também se estenderam à localidade próxima de Machiques.

Os manifestantes opõem-se à Assembleia Constituinte convocada por Maduro, o presidente que se encontra num perigoso estado de negação, arrastando o país para o abismo. Os protestos foram uma vez mais reprimidos pelas forças de segurança com recurso a gás lacrimogéneo. Maduro diz que está a resistir a uma "insurgência armada" que tem como objetivo derrubá-lo, e uma vez mais o bode expiatório são os EUA, que, segundo ele, não desiste de apoderar-se da maior reserva de petróleo do mundo. 

Os comentários estão desactivados.