Alemanha

Mais encomendas à indústria

As encomendas à indústria alemã aumentaram em março pelo segundo mês consecutivo. Os dados mostram uma aceleração da maior economia da Europa.

De acordo com o Destatis, o gabinete de estatísticas da Alemanha, houve um aumento de 1% deste indicador, acima dos 0,4% esperados pelos investidores mas abaixo dos 3,5% de fevereiro.

As encomendas à industria, vistas como um indicador do comportamento futuro da economia, dentro da Alemanha baixaram 3,8%, mas no exterior subiram 4,8%. Aqui destaque para os outros países do euro, que aumentaram os seus pedidos em 6,8%.

“O setor industrial está numa situação económica muito favorável”, comentou o ministro da economia da Alemanha, Sigmar Gabriel em comunicado citado pela agência AFP.

Segundo os analistas, o aumento das encomendas à indústria foi motivado por produtos de grande escala, como barcos ou aviões, que variam muitas vezes de mês para mês.

Olhando para a totalidade do primeiro trimestre de 2017 e comprando com os últimos três meses de 2016, o indicador baixou 1%.

No entanto, o Bundesbank aponta que a economia alemã acelerou no primeiro trimestre do ano, apoiada num aumento do consumo. A confiança empresarial está no nível mais alto em quase seis anos.

Os dados oficiais sobre o Produto Interno Bruto da Alemanha no primeiro trimestre serão revelados na sexta-feira.