Sociedade

Medina quer que o metro de Lisboa chegue a Belém

Expansão do metro de Lisboa permitirá melhor mobilidade na cidade.

Medina quer que o metro de Lisboa chegue a Belém

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, referiu nesta segunda-feira, na sessão onde foi anunciado o prolongamento da rede do metro, que levar o metro até Belém e que quer ligar o Aeroporto ao Campo Grande.

A ligação entre a linha verde e a linha amarela “vai permitir melhorar muitíssimo o funcionamento do Metro na cidade”, sublinhou Medina, acrescentando ainda que relativamente ao futuro pretende “fazer aquilo que falta”, ou seja, expandir o metro para o lado ocidental de Lisboa.

O autarca referiu ainda que espera que a ligação entre o Aeroporto e o Campo Grande seja breve e que essa ligação “vai permitir melhorar muito” a mobilidade na cidade.

A expansão da linha amarela, desde o Rato até ao Cais do Sodré, é a que tem mais prioridade, pois, segundo o presidente do Metro, Vítor Domingues dos Santos, é a que tem mais procura, estimando-se um aumento de 7,9 milhões de passageiros na rede, por ano, com base num estudo de mercado.

Para já, as obras na linha vermelha ficam em pausa, pois “neste momento não temos maneira de o financiar”, referiu Matos Fernandes, salientando que “no próximo quadro comunitário de apoio vai haver fundos comunitários” para as obras. 

Os comentários estão desactivados.