Vida

Pai atira ácido à própria filha que o denunciou por crimes sexuais

Mulher teme que o pai mande alguém matá-la

DR  

Khushboo Devi, de 20 anos, foi atingida com ácido na cara pelo seu próprio pai, que decidiu castigá-la por esta o ter denunciado por crimes sexuais, pois o homem andava a vender mulheres para sexo.

O incidente ocorreu quando a jovem estaria a dormir na sua casa, em Uttar Pradesh, na Índia, e o pai tocou à sua campainha. Quando esta abriu a porta, o homem atirou-lhe ácido para o rosto, deixando-a com marcas para o resto da vida.

Para além da própria filha, também o genro e a neta foram atingidos e os três foram internados com queimaduras no rosto, nos ombros, nos braços e nas mãos.

"O meu pai atirou-me ácido porque sabe que sei tudo sobre ele. Ele sabe que será preso para a vida se eu revelar todos os seus segredos, o número de casamentos que tem, a compra e venda de raparigas", afirma a mulher, em declarações ao Daily Mail.

O pai da jovem, Manik Chandra, foi detido no dia do ataque, mas a mulher teme que este consiga sair em liberdade sob o pagamento de uma fiança. No entanto garante que vai fazer de tudo para que isso não aconteça.

"Vou garantir que ele nunca mais sairá da prisão. Receio que ele mande alguém matar-me mas lutarei até ao meu último suspiro".