Economia

Bruxelas melhora previsões do défice

Está aberto o caminho  para o encerramento do Procedimento por Défices Excessivos

A Comissão Europeia estima que o défice orçamental português continue a descer, passando para 1,8% este ano e 1,6% no próximo, abrindo assim caminho para o encerramento do Procedimento por Défices Excessivos. Estes valores estão acima das previsões do Governo.

"Depois de ter representado 2% do PIB em 2016, o défice orçamental deve permanecer abaixo de 2% no horizonte da projeção", revelou esta quinta-feira a Comissão Europeia.

Estas previsões estão acima das expectativas do Executivo português, definidas no Programa de Estabilidade, que estimava um défice de 1,5% para 2017 e de 1% para o ano seguinte.

Apesar da diferença, as estimativas de Bruxelas indicam uma trajetória de correção duradoura do défice nos próximos anos. Esta é condição essencial para o encerramento do Procedimento por Défices Excessivos a Portugal. De acordo com a agência Lusa, esta decisão deverá ser tomada ainda este mês.