Desporto

Fábio Coentrão acusado de fraude fiscal

Coentrão é acusado de defraudar o fisco espanhol em quase 1,3 milhões de euros.

O futebolista do Real Madrid Fábio Coentrão foi formalmente acusado de ter cometido fraude fiscal em 2012 e 2014. O defesa é acusado de defraudar o fisco em quase 1,3 milhões de euros, através de empresas com sede no Panamá e na Irlanda.

De acordo com o jornal espanhol El Mundo, as finanças espanholas acusam Coentrão de “fraude fiscal quantificada pela Inspeção de Finanças em 352,620.34 euros em 2012, 428,757 euros em 2013 e 510,021 euros em 2014”.

O futebolista português desde que chegou a Madrid, em 2011, nunca terá apresentado declarações de rendimentos.