Sociedade

“Os alunos portugueses passam horas em excesso nas aulas”

Andreas Schleicher, diretor da OCDE para a Educação e Competências, considera que o modelo aplicado nas escolas não é o indicado. 

Segundo Schleicher, o ensino português precisa de apostar na qualidade e não na quantidade.

Em Portugal para participar no quinto encontro da OCDE a propósito do programa ‘Educação 2030’, que pretende adaptar o ensino de acordo com as exigências do mundo em 2030, o evento reúne professores, alunos, investigadores e responsáveis políticos de mais de 30 países e decorre até ao dia 18 de maio.

Andreas Schleicher considera que em Portugal os alunos estão sobrecarregados de matéria e de tempo de aulas, e que chumbam demasiado. Para o responsável da OCDE cortes da austeridade vão ter repercussões no futuro do país.