Politica

Parlamento vai debater fim da caça à raposa

Mais de nove mil pessoas já assinaram petição

Uma petição pelo fim da caça à raposa vai ser debatida, na Assembleia da República. A iniciativa vem da parte do Movimento pela Abolição da Caça à Raposa e já teve a assinatura de mais de nove mil pessoas.

A petição será entregue esta quinta-feira, pelas 14 horas. “Estamos no século XXI e parece-nos indicado pedir ao legislador que repense a forma como esta atividade está legislada. Vários outros países estão a avançar no sentido de restringir a caça e o caminho natural será que no futuro esta seja totalmente abolida”, reivindicam os assinantes da petição.

Na iniciativa, publicada no site Petição Pública, é demonstrada a “preocupação com a normalização de uma atividade que, ao contrário do que muitas vezes é defendido, não pretende proteger espécie alguma, mas sim dizimá-la” e pede-se ainda que “o legislador avance mais um pouco para controlar um flagelo que acontece com animais cuja proteção também é da sua responsabilidade”.

O Movimento pela Abolição da Caça à Raposa, em comunicado, explica que “pelo menos 142,480 raposas foram mortas entre 2005 e 2015” e que “entre 15 a 20 batidas foram organizadas durante os meses de janeiro e fevereiro, precisamente durante a época de acasalamento, em que as raposas são mas suscetíveis de caçar”.

“Não há bases científicas que suportem e demonstrem um excesso populacional de raposas”, asseguram os responsáveis pelo movimento, convictos de que a caça à espécie “trata-se de uma prática cruel e bárbara” e “contrária aos esforços de educação ambiental atuais”.