Internacional

Sánchez está na frente

Ex-líder prometeu propor a «via portuguesa» de uma aliança entre esquerdas

O ex-secretário-geral do PSOE está na frente da corrida interna para escolher o próximo líder e travou um debate intenso esta semana com a sua principal concorrente, Susana Díaz, a líder do partido na sua região mais forte, a Andaluzia, e a preferida dos barões.

No debate, Sánchez prometeu propor a «via portuguesa» de uma aliança entre esquerdas e tirar os responsáveis de há anos da liderança dos partidos.

As sondagens indicam que Sánchez lidera com 52% contra apenas 27% de Díaz e 14% de Patxi López.

A corrida à liderança começou com a demissão forçada de Sánchez, em outubro, num momento em que responsáveis do partido temiam umas terceiras eleições legislativas desastrosas.