Vida

Irmãos famosos. O sucesso está-lhes no sangue

É com os irmãos que fazemos os primeiros teatros, que improvisamos as primeiras músicas e que ensaiamos futuras profissões. Não é de espantar, por isso, que não faltem duplas de irmãos a brilhar nas mais diversas áreas, sejam os Carreira na música, as Williams no desporto ou os Grimm na escrita 

Caetano Veloso e Maria Bethânia

A música já ligava estes dois irmãos ainda antes de a mais nova nascer. Foi Caetano quem escolheu o nome da irmã, Maria Bethânia, inspirado na música com o mesmo nome interpretada pelo cantor Nelson Gonçalves. Se em casa cantavam em todo o lado, em público só o começaram a fazer no final da adolescência, em bares de Salvador. Em 1976 uniram-se a Gal Costa e Gilberto Gil para formar o grupo Doces Bárbaros. Lançaram juntos o disco “Maria Bethânia e Caetano Veloso - ao vivo” e não são raras as vezes que surgem juntos em palco. 

Chico, Harpo, Groucho, Gummo e Zeppo Marx

Eram poucas as regras para estes irmãos. Começaram como músicos, mas foi no teatro cómico - e, mais tarde, no cinema - que se imortalizaram. Nos anos 20 eram conhecidos por satirizarem as instituições da alta sociedade nas suas peças, característica que levaram também para os filmes. “Orce Reates”, uma sátira ao sistema universitário norte-americano, é um dos filmes mais conhecidos do grupo e teve até honras de capa da revista “Teme”. 

Lilly e Lana Wachowski

Nasceram como Andrew e Laurence, atualmente são Lilly e Lana, mas é como “The Wachowskis” que são mais conhecidas. Lana foi a primeira a assumir uma nova identidade e, oito anos depois, a irmã Lilly seguiu-lhe os passos. A dupla de cineastas transgénero ficou mais conhecida com a trilogia “Matrix”, que na altura ainda assinaram como “Irmãos Wachowski”. 

Barry, Robin e Maurice Gibb: Os Bee Gees

Ninguém fica indiferente aos falsetes deste trio e a prova disso está nesta lista: dez Grammys, 300 milhões de discos vendidos e o álbum “Saturday Night Fever” só fica atrás de “Thriller”, de Michael Jackson, na lista de bandas sonoras mais vendidas de todos os tempos. Apesar de manterem o grupo durante décadas, aventuraram-se a solo, e Barry Gibb, o único dos irmãos ainda vivo, lançou em 2016 um disco de inéditos. 

Venus e Serena Williams

Em janeiro deste ano, Serena venceu a irmã na final do Open da Austrália e passou a número 1 do ténis. Mas foi lado a lado que estas duas irmãs cresceram para tornar realidade o sonho do pai, que imaginava uma final do Grand Slam em família. Indo muito além deste sonho do pai, as duas já conquistaram 30 Slams, divididos entre 23 para Serena e sete para Venus. 

Wilbur e Orville Wright

Começaram por construir bicicletas, mas rapidamente ganharam asas para se tornarem pioneiros da aviação. Num lugar remoto da Carolina do Norte conseguiram levantar voo e aterrar numa máquina com motor a gasolina, asas e hélice que ambos desenharam. O dia 17 de dezembro de 1903 ficou assim marcado pelo primeiro voo motorizado da história da aeronáutica, que teve a duração de 12 segundos e conseguiu elevar-se a 35 metros de altura. 

Mickael e David Carreira 

Cresceram “como cão e gato”, como descreveram uma vez, o típico de irmãos com idades próximas. Agora, já sem idade para arrufos, Mickael e David dividem um estrelato com o qual se habituaram a crescer, ou não fossem eles filhos de Tony Carreira. Mickael apostou numa onda mais latina e já ganhou seis discos de ouro e nove de platina. Já David divide-se entre a música romântica, a moda e as novelas. 

Kim, Kourtney, Kloé, Kendall, Kylie e Rob Kardashian

Tudo começou com uma sex tape. Kim foi a protagonista e com ela levou ao estrelato toda a família. É certo que o pai, Robert Kardashian, já tinha a sua dose de controvérsia depois de ter defendido O.J. Simpson, mas nada que se compare a um clã que, além de não parar de crescer, não para de surpreender. Kim divorcia-se depois de 72 dias de casamento, Kloé e Kourtney envolvem-se com Scott Disick e Lamar Odom, os dois com problemas de álcool e drogas e, para finalizar, o padrasto, Bruce, mudou de sexo e é agora Caitlyn. 

Jacob e Wilhelm Grimm

Estudaram Direito, interessavam-se por História, mas eram ases na narrativa. Dedicaram-se a recolher histórias que muitas vezes só eram transmitidas oralmente, sem qualquer registo escrito. Assim, foi das histórias das esposas, das empregadas e dos camponeses com quem conviviam que nasceram contos tão conhecidos como “Hansel e Gretel” ou “A Bela Adormecida”.

Ben e Casey Affleck

O que não falta em Hollywood são irmãos a partilhar fama. No caso de Casey, apesar de uma longa carreira como ator e realizador, só no ano passado, quando ganhou o Óscar de melhor ator, é que parece ter deixado de ser apenas o irmão mais novo de Ben. Ainda na lista de irmãos famosos na sétima arte estão William, Alec, Daniel e Stephen Baldwin, Joseph e Ralph Fiennes, Maggie e Jack Gyllenhaal e Eric e Julia Roberts.