Sociedade

PJ está a investigar patrocínio da EDP a curso de Manuel Pinho

O MBA foi criado em parceria entre o ISCTE e a Universidade de Columbia.


A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar o curso Energy MBA. Um dos professores convidados do curso era Manuel Pinho.

Este curso sobre energias renováveis foi criado em 2010 numa parceria entre o ISCTE e a Universidade de Columbia, em Nova Iorque, e era alegadamente pago pela EDP.

Manuel Pinho era um dos professor convidados deste MBA, tal como António Mexia.

A PJ está também a investigar a renovação das concessões de várias barragens à EDP feitas por Manuel Pinho, ministro na altura.

José Sócrates, após terminar o curso em Paris, tinha intenção de frequentar este MBA.

Os comentários estão desactivados.