Sociedade

Eleições na maçonaria obrigam a segunda volta

As eleições para Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano vão mesmo a uma segunda volta.

Somados os votos das 100 lojas, nenhum dos três candidatos reuniu mais de 50% dos votos, o que obriga a uma segunda volta a decorrer no dia 24 de junho.

A segunda volta será disputada entre o atual Grão Mestre, Fernando Lima, com 37% dos votos na primeira volta, e José Adelino Maltez, com 33% dos votos.

Fernando Lima, Adelino Maltez e Daniel Madeira de Castro discutiram, nas últimas semanas, o futuro da instituição e até que ponto deve a maçonaria abrir-se ao exterior.

A comunicação interna e externa foi um dos assuntos que dominaram a campanha. Os candidatos têm ideias diferentes sobre a forma como a instituição deve relacionar-se com “o mundo profano”. Fernando Lima, que já cumpriu dois mandatos e é o primeiro grão-mestre a candidatar-se a um terceiro desde o 25 de Abril, defende que “a intervenção deve ser prudente e parcimoniosa”.