Sociedade

Agressão a menores: MP acusa três ex-pupilos do Exército

Vítimas tinham 10 e 11 anos

Três antigos alunos do Instituto Pupilos do Exército, foram agora acusados pelo Ministério Público de agressões a alunos mais novos.

De acordo com a Procuradoria-Geral da República, os casos terão ocorrido entre setembro e dezembro de 2014.

Segundo a acusação, citada pelo Correio da Manhã, os arguidos, atualmente com 19 e 20 anos, aproveitaram "o ascendente que possuíam sobre os alunos do 6.º ano do mesmo estabelecimento de ensino" e "agrediram oito colegas", que tinham 10 e 11 anos, provocando várias lesões nas vítimas.

Os três homens estão em liberdade, mas estão sujeitos às obrigações decorrentes do termo de identidade e residência.