Vida

Raminhos defende-se após ataque nas redes sociais

“Obrigado por me estragarem as férias quando eu só queria que não se passasse nada”

António Raminhos está de férias no Porto Santo e publicou um vídeo na sua página de Facebook que não agradou alguns porto-santenses.

No vídeo, o humorista refere que naquele local “não se passa nada” para além das suas duas filhas que são sempre enérgicas, acabando por ser a excepção à calmaria do espaço em causa.

Contudo, alguns porto-santenses que comentaram o vídeo do humorista criticaram a alusão do humorista relativamente ao facto de Raminhos ter referido que ali “não se passava mesmo nada”.

Após os ataques, o humorista publicou uma mensagem na sua página de Facebook em que explica o porquê de ter dito que em Porto Santo “ não se passa nada”.

“Eh pá... Há coisas que não compreendo. Ontem fui dar uma volta por Porto Santo e passei por um café onde se ouvia trance psicadélico e com cinco gajos sentados. Ninguém na rua... As minhas miúdas a dançar feitas loucas. Fiz um vídeo a dizer que não se passava nada naquela terra excepto com aquelas duas. E malta de Porto Santo passou-se. Mas porquê? A sério... Vá lá. Não se passava nada!”, começou por dizer.

“Eu vivo em Mafra onde, adivinhem, NÃO SE PASSA NADA. Vivi no Samouco três anos onde... NÃO SE PASSA NADA. Havia assaltos de vez em quando... Mas exatamente porque NÃO SE PASSAVA NADA”, comparou o humorista, referindo ainda que se quisesse ir para um local barulhento que o destino seria outro.

“Obrigado por me estragarem as férias quando eu só queria que não se passasse nada”, concluiu.