LifeStyle

Este alimento ajuda a preservar o cérebro

Parece que o Popeye tinha razão. Segundo um estudo realizado por um grupo de investigadores da Rush University, em Chicago, comer espinafres (ou qualquer outra verdura) diariamente ajuda a retardar o processo de declínio cognitivo. E porquê? Porque possui muita vitamina K.

A investigação analisou as dietas e as mentes de 954 idosos, cuja média de idade era 81 anos, durante um período de cinco anos, chegando à conclusão que aqueles que comiam mais verduras tinham uma mente mais ‘esperta’, ou seja, capacidades cognitivas semelhantes às de alguém 11 anos mais novo.

Para além dos espinafres, a couve-galega e a couve-portuguesa também ajudam a retardar o processo de envelhecimento. Estudos anteriores descobriram que tanto os folatos como o betacaroteno ajudam a estimular o cérebro, mas este é o primeiro a avaliar os efeitos da vitamina K. 

A equipa acredita que outros alimentos cheios de nutrientes, como os espargos, as couves de Bruxelas e as cenouras, também podem trazer benefícios deste género. Para ler o artigo, divulgado no Huffington Post, clique aqui.