Vida

Stress faz mal ao esperma

O stress pode afectar a qualidade do seu esperma, conclui um estudo publicado no jornal Fertility and Sterility, citado no Huffington Post.


A investigação científica mostra que existe uma ligação entre momentos de grande stress e a mobilidade, a forma e a concentração de esperma que um homem produz.

“Os homens que se sentem stressados têm uma maior probabilidade de ter uma menor quantidade de esperma quando ejaculam”, explica Pam Factor-Lityak, professora na Escola de Saúde da Columbia University e uma das investigadoras envolvidas neste projecto.

O estudo foi feito com base na observação do sémen de 193 homens, com idades compreendidas entre os 38 e os 49 anos. Foram também analisados os níveis de stress destes voluntários.

Depois de vários testes, os médicos chegaram à conclusão que a tensão laboral leva a um decréscimo dos níveis de testosterona (o que pode afectar a sua capacidade reprodutiva). Esta relação pode estar ligada aos níveis de stress oxidativo, bem como à produção de hormonas glicocorticoides, que são ‘accionadas’ com o stress e afectam a produção de esperma e testosterona.

Os comentários estão desactivados.