Politica

Ferreira Leite classifica como "lastimável" entrada da Santa Casa de Lisboa no Montepio

Ex-ministra diz que "não vai haver nenhum estudo que diga que é uma aplicação rentável"

Manuela Ferreira Leite critica a hipótese de a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa entrar no capital do Montepio.

A ex-ministra das Finanças classificou essa hipótese, no seu habitual comentário na TVI, como "lastimável" e manifestou muitas dúvidas de que algum estudo possa apontar "o negócio bancário como um bom negócio. Não vai haver nenhum estudo que diga que é uma aplicação rentável".

Para a ex-líder do PSD, o ministro Vieira da Silva já devia ter explicado aos portugueses "onde está a bondade de a Santa Casa aplicar ali dinheiro", porque "não há ninguém, neste momento, que se lembre de aplicar as suas poupanças no negócio bancário". 

O primeiro-ministro foi questionado pelo CDS, no último debate quinzenal, sobre se a instituição "vai ou não vai entrar no capital do Montepio". 

António Costa disse que não tem nada a opor. "Vemos como positivo que no contexto de estabilização do sistema financeiro exista um banco que seja do sector social", acrescentou.