Internacional

Ataque em Londres. “Quero matar todos os muçulmanos”, disse condutor

Populares imobilizaram o autor do ataque até à chegada da polícia

Pouco depois da meia-noite, um homem que guiava uma carrinha atropelou várias pessoas perto de uma mesquita em Finsbury Park, em Londres.

A polícia inglesa confirmou que está a tratar o incidente como um “ataque terrorista”, pelo menos uma pessoa morreu no local, embora não se saiba com certeza se a morte está relacionada com o ataque.

“O ataque ocorreu quando um homem estava a receber primeiros socorros dos populares na zona, infelizmente morreu. Uma possível ligação entre a sua morte e o ataque irá fazer parte da nossa investigação. É demasiado cedo para afirmar que esta morte foi um resultado do ataque”, adiantou um porta-voz da força antiterrorismo, citado pelo Guardian.

Testemunhas no local dizem que o condutor da carrinha terá gritado: “Quero matar todos os muçulmanos”. O homem, de 48 anos, foi imobilizado pelos populares, até que a polícia chegou e o deteve, sob suspeita de tentativa de homicídio.

Pelo menos oito pessoas terão ficado feridas, duas delas em estado “em estado muito grave”, de acordo com as autoridades.