Internacional

Reino Unido. Príncipe Filipe hospitalizado

Marido da rainha Isabel II hospitalizado "por precaução", informou o Palácio de Buckingham


O príncipe Filipe, duque de Edimburgo e marido da Rainha Isabel II do Reino Unido, deu entrada no hospital na noite desta terça-feira “por precaução” devido a uma infeção que surgiu de uma condição pré-existente, de acordo com o porta-voz do Palácio de Buckingham.

Apesar do quadro, Filipe, de 96 anos, está "com bom espírito”, embora "desapontado" por faltar à abertura oficial do Parlamento e ao Royal Ascot, uma das mais importantes corrida de cavalos do mundo. Será o príncipe Carlos, filho de Filipe e da rainha Isabel II, a acompanhar a mãe durante o início dos trabalhos parlamentares esta quarta-feira.

Nascido na Grécia, Filipe é filho do príncipe André da Grécia e da Dinamarca e da princesa Alice de Battenberg. Foi expulso do país, juntamente com a sua família, quando tinha apenas 18 meses, acabando por se juntar à Marinha Real Britânica com 18 anos, em 1939. Foi aí que conheceu a rainha Isabel II, então com apenas 13 anos, quando esta fazia uma visita à Real Escola Naval de Dartmouth. A partir desse momento, começaram a trocar correspondência, até ao casamento, em 1947, na Abadia de Westminster - já depois da II Guerra Mundial, na qual Filipe combateu.

Antes do anúncio do casamento, abandonou os seus títulos gregos e dinamarqueses e naturalizou-se cidadão britânico. Quando se tornou marido da monarca britânica, recebeu três títulos: duque de Edimburgo (pelo qual é mais conhecido), conde de Merioneth e barão de Greenwich. Filipe é, com a rainha, pai de quatro filhos: Carlos, Ana, André e Eduardo. O seu papel na Casa Real britânica sempre esteve mais ligado à vida familiar, sendo que os seus biógrafos o apontam como o mais presente na educação dos filhos.

Em maio deste ano, anunciou que se iria retirar da vida pública e dos deveres reais, dias depois de ter sido... dado como morto pelo sensacionalista "The Sun".