Desporto

Italia. Kean não renova com a Juventus por causa de um... trator agrícola

Futuro de promessa da Juve emperrado por uma promessa do clube ao pai do adolescente

História no mínimo insólita a que tem como protagonista principal (mais ou menos...) Moise Kean, de 17 anos, uma das maiores promessas emergentes do futebol europeu. Fez história ao se tornar no primeiro jogador nascido no ano 2000 a jogar (e marcar) na Serie A italiana e na Liga dos Campeões, mas tem a renovação com a Juventus em risco por causa de um... trator agrícola.

A explicação foi dada pelo próprio pai do jovem avançado da Juve, em entrevista ao jornal britânico "Daily Mail". "Prometeram-me que quando a temporada acabasse iam tratar disso tudo. Preciso disso para a minha quinta na Costa do Marfim. Tenho vários hectares de terra onde gostaria de começar a cultivar arroz e milho. Sou agricultor e pedi máquinas agrícolas. A Juventus disse-me que não havia problemas. Mas depois veio um advogado do clube dizer que a oferta já não podia ser concretizada e que o meu pedido estava fora das possibilidades", revelou Bjorou Kean, progenitor do avançado que já nasceu em Itália e que por isso representa as camadas jovens da seleção transalpina.

Nas últimas semanas, Mino Raiola, empresário de Pogba, Balotelli ou Ibrahimovic, assumiu-se como representante do jovem Kean, o que é desmentido veementemente pelo pai do jogador. "Nunca assinei nada com ele. Raiola diz que é agente do Moise mas nunca assinei nada! Se dependesse de mim teria escolhido outro empresário. Quando o meu filho fizer 18 anos pode decidir o seu futuro e sair da Juventus a custo zero", disparou o senhor Kean.