Internacional

Presidente Michel Temer denunciado por corrupção

Denúncia foi entregue ao Supremo Tribunal Federal

O Procurador-Geral da República do Brasil, Rodrigo Janot, denunciou ontem à noite o presidente brasileiro Michel Temer pelo crime de corrupção passiva, junto do Supremo Tribunal Federal.

Janot acusa Temer de usar o cargo para receber benefícios indevidos em troca de oferecer facilidades a empresários.

“Entre os meses de março a abril de 2017, com vontade livre e consciente, o Presidente da República, Michel Miguel Temer Lulia, valendo-se de sua condição de chefe do poder executivo e liderança política nacional, recebeu para si, em unidade de desígnios e por intermédio de Rodrigo Santos Da Rocha Loures, vantagem indevida de 500 mil reais (135,6 mil euros)", diz Janot na denúncia. 

O processo, porém, só será instaurado, se dois terços da Câmara dos Deputados, cerca de 342 dos 513 parlamentares, aceitarem a abertura do processo e a maioria dos onze juízes do STF votarem favoravelmente à denúncia.