Desporto

McEnroe: "Não tenho que pedir desculpas a Serena Williams"

McEnroe rejeitou ter que se desculpar perante a tenista depois de ter dito que se Serena Williams jogasse no circuito masculino seria a número 700 do ranking mundial

"Estava a falar na rádio e perguntaram-me por ela [Serena Williams]. E eu disse: É a melhor tenista feminina que já existiu, é tremenda. E aí perguntaram-me a razão de eu dizer 'tenista feminina' e não apenas 'jogadora de ténis' e eu aí defendi-me dizendo que eram categorias distintas. Dizem isso das jogadoras de basquetebol? Que são tão baos como o Michael Jordan?", atirou John McEnroe durante o The Late Show, apresentado pelo comediante norte-americano Stephen Colbert.

"Não devo um pedido de desculpas a Serena. E tenho uma solução: mulheres e homens passam a jogar uns contra os outros e deixamos de ter de adivinhar que ranking elas teriam se jogassem com os homens", acrescentou ainda o ex-tenista norte-americano ao CBS Morning Show.

Recorde-se que durante o dia de ontem o ex-tenista de 58 anos e vencedor de sete Grand Slams ao longo da sua carreira disse que "se Serena jogasse no circuito masculino seria a número 700 do mundo".

Sem problemas com a dimensão que as suas declarações tomaram, McEnroe disse ainda que "sempre nos vamos questionar se venceriamos contra Serena Williams. As minhas filhas não acreditam que eu conseguisse vencê-la. Agora está grávida, devia aproveitar para jogar com ela agora, teria mais oportunidades". 

Entretanto, a irmã de Venus Willimas já havia respondido, durante o dia de ontem, a John McEnroe através das redes sociais. "Caro John, eu adoro-te e respeito-te, mas por favor mantém-me fora das tuas declarações que não são baseadas factualmente", escreveu.

Atualmente na quarta posição do ranking mundial, aos 35 anos, Serena Williams já venceu 23 Grand Slams.