Politica

PCP: "O Governo está disponível a acudir à floresta como a um banco em risco?"

Jerónimo de Sousa aponta o dedo aos últimos governos

O líder do PCP, Jerónimo de Sousa, apontou o dedo às "políticas de direita ao serviço dos grandes interesses económicos das últimas décadas" e lançou uma questão ao primeiro-ministro:  "o Governo está disponível a acudir à floresta como a um banco em risco?"

Jerónimo acusou ainda os governos de "entregarem o SIRESP a agiotas, extinguirem os guardas florestais, destruirem o aparelho produtivo e a agricultura, aumentarem o abandono do interior".

Costa respondeu ao líder do PCP, referindo os diplomas que estão no Parlamento, nomeadamente sobre o cadastro, o banco de terras e o regime de ordenamento florestal, diplomas que considera “essenciais”.

O primeiro-ministro disse ainda estar a aguardar propostas da bancada comunista para fazer face aos problemas existentes nesta área, ao que Jerónimo respondeu que o seu partido entregará propostas nesse sentido.