Sociedade

Violência doméstica motiva abertura de quase seis mil inquéritos em Lisboa

Os inquéritos foram abertos no primeiro semestre de 2017, no distrito judicial de Lisboa

Foram abertos quase 6.000 inquéritos por violência doméstica no primeiro semestre do ano de 2017.

Segundo a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), o distrito judicial de Lisboa registou um total de 10.925 processos por este crime.

A PGDL acrescentou ainda que as Comarcas de Lisboa e de Lisboa Oeste foram as que registaram maior número de acusações.

Segundo dados do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI), em 2016 os casos registados de violência doméstica aumentaram quase 2%, tendo-se registado 27.291 ocorrências que envolveram mais de 32 mil vítimas.

O RASI refere ainda que 79,9% das vítimas são mulheres e 20,1% são homens, com 25 ou mais anos, acrescentando ainda que os agressores são maioritariamente homens, com uma percentagem de 84,3%.

Em 2016, a Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica tinha, nas 39 casas de abrigo, 263 mulheres e 293 crianças institucionalizadas.