Vida

Homem sofre queimaduras de segundo grau com sumo de limão

As queimaduras foram provocadas por uma reação com a luz solar

Um homem de 52 anos, Adam Levy, ficou com queimaduras de segundo grau na pele quando o ácido do sumo de limão que tinha nas mãos reagiu com a luz solar. A situação aconteceu em Minneapolis, no estado do Minnesota, nos Estados Unidos da América.

Adam estava a preparar a festa de licenciatura da sua filha em casa e quando olhou para as suas mãos, estas estavam inchadas e com bolhas. Segundo afirmou ao Daily Mail, o incidente aconteceu horas depois de ter espremido alguns limões.

No dia seguinte, o homem começou a sentir tonturas e náuseas e foi quando percebeu que precisava de tratamento médico. No hospital disseram-lhe que tinha fotodermatite, uma reação tóxica que ocorre quando o ácido cítrico do limão reage com a luz do sol.

Os fatores a esta reação alérgica podem ser vários e muitas vezes não são conhecidos.