Sociedade

Albufeira deixa alerta a banhistas sobre risco de queda das arribas

A Câmara Municipal de Albufeira está a deixar um alerta aos banhistas para os riscos da instabilidade e queda das arribas no concelho do Algarve.

A Câmara Municipal de Albufeira, no Algarve, está a alertar os banhistas para os riscos da instabilidade e queda das arribas em praias do concelho, através de uma campanha de sensibilização que irá decorrer até agosto.

“É fundamental que as pessoas percebam e que tenham consciência da existência de arribas instáveis, junto às quais não podem permanecer por razões da sua própria segurança”, avançou à agência Lusa, a vereadora da Câmara de Albufeira, Ana Vidigal.

As ações de sensibilização da iniciativa “Arribas! Colabore — Evite o Acidente!” decorrem em 20 das 25 praias do concelho, em conjunto com a Autoridade Marítima Nacional, a Polícia Marítima e a Associação de Nadadores Salvadores de Albufeira, ao longo dos meses de julho e agosto.

 “Além da entrega da informação, é feita uma abordagem pessoal, na qual são explicados os procedimentos de segurança que os banhistas têm para se prevenirem dos riscos a que ficam expostos ao colocarem-se em zonas de perigo”, sublinhou Ana Vidigal.

De acordo com a vereadora, a iniciativa pretende ser “acima de tudo um meio de reduzir os riscos nas praias, porque o problema da instabilidade das arribas é real, sendo fundamental que os veraneantes adotem medidas preventivas, respeitem a sinalização de perigo, frequentem praias vigiadas, evitando abrigarem-se do sol e do vento na base das arribas”.

Recorde-se que em 2009, a derrocada de um penedo causou a morte a cinco pessoas na praia Maria Luísa, em Albufeira, este que foi o acidente mais grave envolvendo arribas, registado em Portugal.