Tecnologia

Apple condenada por publicidade enganosa

Em causa está a memória interna dos seus aparelhos.

A Apple foi condenada por “publicidade enganosa” no Brasil devido à memória interna dos iPad Air, iPad Mini, iPhone 5S e iPhone 6.

Nas publicidades a estes aparelhos, a marca da maçã não distingue a memória bruta da memória disponível. As diferenças chegavam a ser de 3GB, o que levou a que as autoridades brasileiras considerassem que se tratava de publicidade enganosa.

A Apple terá agora que retirar do mercado as campanhas publicitárias referentes aos aparelhos em causa. Caso contrário, terá de pagar 100 mil reais por dia, mais de 26 mil euros.