Internacional

EUA. Filho de Trump esteve com antigo espião russo

Segundo novas revelações sobre a polémica do filho de Donald Trump com uma advogada russa, indicam que um espião russo também terá estado presente no encontro de dia 9 de junho de 2016, na Trump Tower, em Nova Iorque, Estados Unidos.

Rinat Akhmetshin confirmou ter estado na reunião, alegando que decidiu comparecer à última hora, opós um almoço com a advogada Natalia Veselnitskaya. "Para ser sincero, nunca pensei que isto se fosse tornar uma coisa tão importante", afirmou Akhmetshin.

Rinat garante ainda que não teve nada a ver com a preparação do encontro, afirmando que se terá deslocado à Trump Tower com umas calças de ganga e uma t-shirt.

No entanto, a reunião com Trump Jr., com a advogada, veio reforçar as suspeitas sobre a cooperação da campanha do atual presidente Kremlin. O filho de Donald Trump começou por afirmar que apenas ele terá estado presente na reunião, mas mais tarde veio a descobrir-se que estiveram também presentes Jared Kushner, o genro de Trump e Paul Manafort, o diretor de campanha do presidente dos EUA.

Recorde-se que uma comissão especial está a investigar a interferência russa nas presidenciais de 2016 ganhas por Trump.