Internacional

China censura Winnie the Pooh

Vários imagens a comparar o desenho animado ao presidente têm surgido na internet nos últimos anos

As autoridades de censura chinesas baniram a alusão ao nome Winnie the Pooh nas redes sociais, por surgirem vários "memes" a ridicularizar o Presidente chinês nos últimos anos.

De acordo com a France-Presse (AFP), a partir desta segunda-feira os internautas que escreverem o nome do urso nas redes WeChat e Weibo (redes sociais mais usadas na China) irão deparar-se com um erro, por o conteúdo ser ilegal.

A China é um dos países que mais censura na internet, estando o Google, Dropbox, Youtube, Facebook e Twitter bloqueados no país.