Vida

Primark retira chinelos de lojas por terem excesso de químicos perigosos

Em causa está uma substância química perigosa que pode ser cancerígena

A cadeia de lojas Primark recolheu milhares de chinelos de homem das lojas do Reino Unido, por estes terem níveis muito perigosos de um químico cancerígeno.

Os produtos estiveram à venda entre 4 de janeiro e 2 de junho. A empresa está agora a reembolsar os clientes que efetuaram a compra desses chinelos, adianta a BBC.

Os chinelos em causa não "correspondem aos altos padrões da Primark", avançou a marca. "Encontrámos níveis de uma substância, num produto, em excesso relativamente ao 1 mg/kg que é requerido", refere ainda a empresa.