Sociedade

Este é o curso mais procurado do país

20 vagas para 254 candidaturas

O curso de Criminologia e Justiça Criminal da Universidade do Minho abriu apenas 20 vagas e recebeu 254 candidaturas.

O professor responsável por aquela licenciatura, Fernando Conde Monteiro, considera que a "grande procura" se fica a dever à "crescente importância social da área" e à relevância atual na avaliação de potenciais situações de terrorismo.

"A sociedade precisa de pessoas especializadas no conhecimento da realidade psicológica, social e judicial do crime, pois são uma mais-valia na avaliação das questões do terrorismo, na investigação forense, nos processos de interrogatório aos arguidos, no estudo da vitimologia e no apoio à reinserção social", afirmou o professor, citado pela agência Lusa.

A Universidade sublinhou ainda que os candidatos que escolheram aquele curso como primeira opção foram 254, mas os que o colocaram nas seis primeiras escolhas foram quase 900.