Desporto

Diogo Jota emprestado ao Wolves de Nuno Espírito Santo

É o quarto português a chegar ao clube do Championship nesta pré-temporada, juntando-se a Ivan Cavaleiro e Hélder Costa

O Wolverhampton Wanderers, esta época treinado por Nuno Espírito Santo, oficializou esta terça-feira a contratação de Diogo Jota, extremo português de 20 anos que na época passada representou o FC Porto por empréstimo do Atlético de Madrid.

É também nessa condição que o jogador luso chega agora ao Wolves, 15º classificado no Championship (segundo escalão inglês) na última temporada e que tem como objetivo assumido regressar rapidamente à Premier League.

📝 We are delighted to confirm the arrival of Diogo Jota on a season long loan from Atletico Madrid #WelcomeJota pic.twitter.com/rK2stLVgja

— Wolves (@Wolves) 25 de julho de 2017

 

Nas primeiras declarações como jogador do Wolves, Diogo Jota afirmou-se "entusiasmado" pela "boa oportunidade" de representar "um grande clube", elogiando ainda o técnico que já conhece do FC Porto: "O Nuno tem um grande papel aqui e é bom para mim, porque conheço o treinador, de ter trabalhado com ele na época passada e também alguns jogadores com os quais trabalhei antes. Tudo isso vai ajudar-me a estar cá, é sempre melhor estar com pessoas que conhecemos. Tudo o resto será diferente, a língua, o país, mas se tiver alguém que ajude é sempre melhor. Jogar no Championship é duro, muito competitivo, com muitos jogos e vai ser uma grande experiência. Vou dar o meu melhor e espero marcar e assistir."

Diogo Jota será o sexto português do plantel do Wolves, juntando-se aos reforços Roderick Miranda, Rúben Neves e João Vinagre e ainda a Ivan Cavaleiro e Hélder Costa, que já representavam o clube na temporada passada. A estes nomes pode ainda acrescentar-se Willy Boly, central francês emprestado pelo FC Porto.