Vida

Ator nomeado para Óscar foi preso durante protesto no Sea World

Já no início do mês tinha sido condenado a sete dias de prisão

James Cromwell, além de ser um ator famoso e premiado, é um ativista convicto, que já pode acrescentar o cargo de recluso ao seu currículo.

O ator foi detido por ter participado numa ação de protesto no parque temático Sea World em San Diego, na Califórnia.

Já no início do mês, James Cromwell tinha sido condenado a sete dias de prisão por se ter recusado a pagar uma multa por ter participado num outro protesto contra uma central de energia.

O ator, de 77 anos, foi detido esta segunda-feira quando participava numa manifestação da organização de defesa dos direitos dos animais, PETA.

Cromwell e os outros manifestantes, vestiam t-shirts onde se podia ler: ‘Sea World kills’ (Sea World mata) e ‘Sea World sucks’ (Sea World não presta) e gritavam a um megafone.

O protesto, que ocorreu durante um espetáculo com Orcas, animal símbolo do parque, foi transmitido em direto pelo Facebook.

As autoridades entretanto chegaram e algemaram os manifestantes, incluindo o ator.

James Cromwell é conhecido tanto pelo seu trabalho na televisão - com American Horror Story, interpretação pela qual ganhou um Emmy -, como no cinema, tendo recebido uma nomeação para Óscar pelo filme "Um porquinho chamado Babe".