Sociedade

Incêndio em Mação. Chamas ameaçam aldeia de São José das Matas e há 3 frentes ativas

As chamas estão a aproximar-se da aldeia de São José Das Matas, em Mação, e há neste momento três frentes ativas.

A madrugada “não ajudou o suficiente” no combate às chamas, que estão neste momento a ameaçar a sede de concelho e as aldeias de Santos, Aldeia de Eiras, Castelo e São José Das Matas , afirmou o vice-presidente da autarquia, em declarações aos jornalistas, António Louro.

Neste momento, a vila de Mação encontra-se em “elevado risco”, e as chamas de uma das frentes podem mesmo chegar à sede do concelho, que se encontra a cerca de um quilómetro de distância.

De acordo com António Louro, as chamas estão “bastante perigosas e bastante significativas em comprimento”, adiantando ainda que “finalmente chegaram” os reforços, mas que já chegaram demasiado tarde.

"Os meios que tivemos hoje não estiveram cá no domingo quando precisávamos deles, não estiveram cá na segunda quando precisávamos deles, nem estiveram cá na terça-feira quando precisávamos deles", criticou o vice-presidente.

As três frentes de incêndio que lavram no concelho de Mação têm todas origem no fogo que teve início na Sertã (distrito de Castelo Branco), no domingo passado, e a Santa Casa da Misericórdia está a pedir água e alimentos para os bombeiros, de acordo com a SIC Notícias.