Sociedade

Sapador florestal detido por suspeitas de atear fogo em Oleiros

O caso remonta ao passado dia 17 de julho

Sapador florestal detido por suspeitas de atear fogo em Oleiros

Um homem, sapador florestal, detido pelas autoridades por suspeitas de ter ateado um fogo no concelho de Oleiros, distrito de Castelo Branco, anunciou a Polícia Judiciária.

A PJ “identificou e deteve um homem, casado, sapador florestal, pela presumível prática de um crime de incêndio florestal em terreno povoado por mato, pinheiros e eucaliptos”, lê-se no comunicado enviado aos jornalistas.

O caso remonta ao passado dia 17 de julho, cujo incêndio ocorreu nas proximidades de Mosteiro, Oleiros. Atingiu uma grande dimensão e destruiu cerca de 291 hectares de vegetação.

O homem vai ser presente a primeiro interrogatório para a eventual aplicação de medidas de coação.

Os comentários estão desactivados.